Questão sobre Métod...
 

Questão sobre Método de Equivalência Patrimonial - Concurso Tribunal de Justiça do Estado do Amapá.  

  RSS

(@tiago-de-moura)
Membro Admin
Entrou: 2 anos atrás
Posts: 231
30/09/2017 23:36  

Concurso: Tribunal de Justiça do Estado do Amapá . Ano: 2014. Organizadora: FCC. Cargo: Analista - Judiciário - Contabilidade.

O Patrimônio Líquido da empresa Comprada S.A., em 30/06/2013, era R$ 30.000.000,00, e correspondia ao valor justo dos ativos e passivos da empresa. A empresa Total Holding S.A. adquiriu 40% das ações da empresa Comprada S.A. pelo valor de R$ 12.000.000,00 e passou a deter o seu controle. No segundo semestre de 2013, a empresa Comprada S.A. apurou um lucro líquido de R$ 5.000.000,00. Nas demonstrações contábeis individuais da empresa Total Holding S.A. foram apresentados os seguintes valores na Demonstração do Resultado do ano de 2013 e no Balanço Patrimonial de 31/12/2013, em reais (R$),

(A) Resultado de Participação = R$ 5.000.000,00; Dividendos a Receber = R$ 5.000.000,00.

(B) Resultado de Participação = R$ 2.000.000,00; Investimentos = R$ 14.000.000,00.

(C) Resultado de Participação = R$ 2.000.000,00; Dividendos a Receber = R$ 2.000.000,00.

(D) Resultado de Participação = R$ 5.000.000,00; Investimentos = R$ 14.000.000,00.

(E) Resultado de Participação = 0,00; Investimentos = R$ 12.000.000,00. 

 

Questão trata do Método de Equivalência Patrimonial, este método consta na Lei 6404/76:

Art. 248.  No balanço patrimonial da companhia, os investimentos em coligadas ou em controladas e em outras sociedades que façam parte de um mesmo grupo ou estejam sob controle comum serão avaliados pelo método da equivalência patrimonial, de acordo com as seguintes normas:                      

I - o valor do patrimônio líquido da coligada ou da controlada será determinado com base em balanço patrimonial ou balancete de verificação levantado, com observância das normas desta Lei, na mesma data, ou até 60 (sessenta) dias, no máximo, antes da data do balanço da companhia; no valor de patrimônio líquido não serão computados os resultados não realizados decorrentes de negócios com a companhia, ou com outras sociedades coligadas à companhia, ou por ela controladas;

II - o valor do investimento será determinado mediante a aplicação, sobre o valor de patrimônio líquido referido no número anterior, da porcentagem de participação no capital da coligada ou controlada;

III - a diferença entre o valor do investimento, de acordo com o número II, e o custo de aquisição corrigido monetariamente; somente será registrada como resultado do exercício:

a) se decorrer de lucro ou prejuízo apurado na coligada ou controlada;

b) se corresponder, comprovadamente, a ganhos ou perdas efetivos;

c) no caso de companhia aberta, com observância das normas expedidas pela Comissão de Valores Mobiliários.

§ 1º Para efeito de determinar a relevância do investimento, nos casos deste artigo, serão computados como parte do custo de aquisição os saldos de créditos da companhia contra as coligadas e controladas.

§ 2º A sociedade coligada, sempre que solicitada pela companhia, deverá elaborar e fornecer o balanço ou balancete de verificação previsto no número I.

 

O valor da participação é de 30.000 X 40 %  = 12.000

Os lançamentos seriam os seguintes:

Na aquisição:

D- Investimento  12.000

C- Banco 12.000

 

Como houve um lucro no segundo semestre no valor de 5.000 foi feito o seguinte lançamento de  2.000 ( 5.000 X 40%):

 

D – Investimento: 2.000

C- Resultado Positivo de Equivalência Patrimonial: 2.000

Sendo assim o investimento terá o saldo de 12.000 + 2.000 = 14.000

 

Gabarito: Alternativa B.

 

 

 


SufCont curtiu
Citar (Quote)
Compartilhar:

Por favor Entrar ou Cadastrar